GASOLINE MEDIA - CLÁSSICOS X MODERNOS

Você chega com sua máquina novinha em folha no posto de gasolina, nada mais gratificante do que ser abordado pelo frentista e ouvir um elogio "Cara, que beleza é essa!!" , nesse momento você abre um sorriso e começam a conversar sobre seu brinquedo como se fosse um filho, e passar bons minutos ali como se fossem amigos há tempos até que, de repente, um outro carro estaciona na bomba ao lado.

Por obra do destino, esse que acabou de chegar é a versão clássica do seu carro. Nesse momento, eis que surge uma conversa conjunta, envolvendo também o feliz proprietário que acabou de chegar.
Inicia-se uma grande (e sadia) discussão que sempre existirá, no mundo Gearhead: Qual o melhor, o clássico ou o moderno??

Bom, para nós os dois merecem o respeito de serem admirados. Cada um possui sua particularidade em função da época em que foi concebido, mas uma equação que podemos chegar para tentar equalizar essa questão é:

Modelo Clássico + Seu Sucesso em sua Época = Modelo Moderno + Investimento da releitura.

Essa equação gera, em ambos os lados um resultado comum: A satisfação de seus donos, admiração de sonhadores e desejo de aquisição.

VW GOLF GTI MK1 x VW GOLF GTI MK7

Agora, um pouco de história:


Para o bem da humanidade, a tecnologia avança para melhorar seus produtos, podemos citar por exemplo a questão de peso dos carros. Antigamente o plástico era pouco utilizado devido às poucas tecnologias de fabricação desse tipo de processo, o que levava a fazer praticamente todas as peças de metal.

Esse tipo de construção era muito mais pesado, o que exigia motores muito fortes para conseguir empurrá-los, exigindo um gasto bem maior de combustível consequentemente.
Com o tempo, as tecnologias de fabricação foram se aperfeiçoando, a ponto de hoje ser possível (ainda não viável) a construção de um carro inteiramente de polímero, utilizando diversos processos de fabricação como injeção plástica, rotomoldagem, impressão 3D, etc.

A partir desses avanços em processos de fabricação, foi possível diminuir drasticamente o peso dos carros, exigindo por consequência, muito menos dos motores, sendo possível fabricar motores menores e mais econômicos. Aprofundando bem mais nessa e outras questões, foi seguindo esse caminho que surgiram os modelos mais populares que vemos hoje em dia nas ruas.

TOYOTA FJ CRUISER  x  TOYOTA BANDEIRANTE

Releituras


Após o sucesso de vários modelos no passado, estes viraram clássicos, criaram legiões de entusiastas e fãs pelo mundo todo e permitiram momentos de histórias incontáveis ao longo dos anos.
O que é melhor do que uma releitura moderna para homenagear e reascender aquela paixão do clássico? Dessa forma uma nova geração poderá , no futuro possuir os próprios clássicos de sua época. E quem sabe não surge uma terceira releitura no futuro??


Agora confira abaixo uma coletânea de Clássicos X Modernos e viaje no tempo com essas máquinas

LAMBORGHINI COUNTACH x LAMBORGHINI REVENTON


BMW Z8 x BMW 507 CONVERSÍVEL
CHEVROLET CAMARO SS Xx CHEVROLET CAMARO SS



VW FUSCA x VW FUSCA

CADILLAC V16 IMPERIAL x CADILLAC SIXTEEN

BUGATTI VEYRON x BUGATTI TYPE 35

ROLLS ROYCE PHANTOM COUPE x ROLLS ROYCE PHANTOM

BENTLEY MULSANNE MULLINER

JAGUAR XJ x JAGUAR XJ

FERRARI 360 MODENA x FERRARI 325 GTB

FORD MUSTANG GT 500 x FORD MUSTANG GT 500

FORD GT 40 x FORG GT 40

MERCEDES 300 SLR x MERCEDES SLR MCLAREN

FIAT 500 x FIAT 500




PONTIAC GTO x PONTIAC GTO

DODGE CHALLENGER x DODGE CHALLENGER

BATMOVEL MK1, MK2, MK3, MK4, MK5


Texto: Marco Orlando 
Fotos: Internet / Divulgação
Edição: Marco Orlando / Jamil Eduardo




2 comentários:

  1. Adoro veículos clássicos, mas aqui no Brasil vc não consegue usar por falta de um seguro adequado! Por essa razão decidi que meus carros tem que ser releituras dos antigos clássicos! Possuo um 500C e um PT Cruiser, e assim me sinto num carro antigo, porém com seguro e ambos confiáveis.
    Grande abraço e parabéns pela página!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Adail!

      Obrigado pelo elogio, e muito bem escolhida suas máquinas! realmente, releituras são opções muito interessantes para amantes do antigomobilismo!

      Grande abraço!

      Excluir