A NOSTÁLGICA ESSÊNCIA DO PÉ NA TÁBUA



Durante todo o ano o Pé na Tábua de 2014 foi lembrado, e a galera fermentava as redes sociais com fotos e anúncios do próximo evento.

Faltando uma semana para o tão esperado final de semana que aconteceria o evento, comecei a receber pelos grupos do Whatsapp desesperados prints do Clima Tempo anunciando chuva todo o final de semana, e tudo levava ao gritante e inevitável pensamento de...Pouts, "Moiô"!

Na sexta feira que antecedeu o evento, os mais corajosos encheram o peito de bravura e decidiram ir no sábado, confiante que só choveria depois das 15hs, como dizia o tão consultado Clima Tempo...

Tradicionalmente levantamos cedo, combinamos um lugar para encontrar a galera e... pé na tábua para Barra Bonita, antes que a chuva chegue!


No meio do caminho o tempo foi fechando, mas a belíssima estrada e o bom espírito de rodar entre amigos fez da leve chuva um mero refresco para nossas carcaças.



Chegamos em Barra Bonita por volta das 11:30hs, mal estacionamos e eu já me perdi da galera no exato momento em que ouvi os roncos dos motores que estavam devorando o autódromo do evento.

Mais do que depressa desci para a pista, e por estar sem a pulseira do evento fui barrado no portão pelo pessoal da segurança, que quase levei junto no peito quando vi a Triton rodando.

Minha sorte foi que o pessoal do Veteran Motorcycle Club do Brasil estava por perto e me liberou para entrar.

Dentre fotos e mais fotos, filmagens e mais filmagens, recebi uma ligação dos companheiros dizendo que já era 15hs da tarde e estavam voltando antes da chuva. Bem na hora em que a Triton voltou para o treino na pista...Eu jamais deixaria de registrar este momento!!!

Triton da equipe do Veteran Motorcycle Club do Brasil
A Única, Exuberante e autêntica Café Racer Inglesa



Triton devoroando a pista do Autódromo de Barra Bonita

Dispensei os corajosos companheiros feitos de papel e voltei para a dimensão nostálgica.

Só quando lotou a memória da câmera foi que lembrei de almoçar...e dessa vez os quiosques estavam preparados (no ultimo evento faltou comida, pois não sabiam que o evento traia tanta gente)!

Quando falo de outra dimensão, falo da simples sensação de voltar no tempo mesmo! Não só pelas motos antigas, mas pelo fato do evento arremeter aos bons momentos onde a única preocupação era reunir a molecada da rua para jogar uma pelada, empinar pipa, bater figurinhas.
Quando se esquecia de tudo, e o importante era estar junto com a renca participando da brincadeira.

Havia certo brilho nos olhos de cada participante do evento, um certo orgulho de estar entre amigos participando de algo, prontos para botarem suas máquinas na pista, e nem mesmo a chuva impediu de muitos viajarem centenas de quilômetros para participar do evento.



Era sim uma competição, mas como uma pelada de rua o sentimento de Participar era o que prevalecia, não importava se você estava no time “Sem Camisa” ou “Com Camisa”.

A frase no guidão da Flathead azul serviu de motivação depois de várias pedaladas sem sucesso no Kickstart...


Não restou alternativas senão caçar o problema...
O árduo trabalho em equipe...
...e a famosa Engenharia do 
Improviso (não digo Gambiarra)...


Em um dos "acontecimentos" do evento, uma das Harley Davidson Flathead não estava mais dando partida. Depois de muito trabalho sem sucesso no Kickstart, o jeito foi tirar as velas para uma revisão.

Era comum alguns probleminhas com as motos...Afinal, a maioria das motos eram bem mais velhas que seus donos.


...botaram a Harlona azul de volta na pista!

Via-se equipes ajudando equipes, todos participando e ao mesmo tempo se divertindo, foi uma grande reunião de amigos para um desafio em comum, botar as vovózonas para correr!


 Por falar em Vovózonas, o Mr. Hades da Jurassic Machines não pode deixar de expor suas obras primas de válvulas laterais...As belíssimas Flatheads!!!


 E dentre elas, uma extraordinária WLA de 1942 feita em homenagem às duas motos que acompanharam a F.E.B na Itália durante a Segunda Guerra Mundial.


E no meio das vovózonas havia uma "Nona", uma Harley Davidson de 1925 em sua melhor forma!
Na primeira pedalada as válvulas expostas fizeram o Stand do pessoal da Rodas do Tempo virar uma verdadeira plateia, encerrando com palmas e assovios de satisfação.


E não eram só os marmanjos apaixonados por motos que estavam colocando a "mão na massa", ou melhor, na graxa. Havia uma impecável Indian Scout de 1942 sendo dominada pelas mão da Kátia Kioko, que iniciou a categoria feminina no evento, e por sinal deu um baita show de pilotagem com direito à entrevista para o Globo Esporte!



Harleys, Scooters, as magníficas Hondas Four, Yamahas, Nortons, uma raríssima Excelsior, BSA, NSU, as Café Racer... Eram tantas, que para minha sorte, o sábado não deu, e consequentemente tive que voltar no domingo mesmo debaixo de chuva, claro...mas não deixei nada, ou quase nada fugir do foco das lentes!


  
O evento, mais uma vez foi excelente, um verdadeiro e nostálgico parque de diversões que vai deixar muita gente ansiosa pelo Pé na Tábua 2016.

Mas como nada é perfeito, posso dizer que a única barra que não ficou tão bonita foi a minha, mas valeu a pena!



E para quem ainda não se convenceu que rodar vários quilômetros debaixo de chuva para o Pé na Tábua valeu a pena...Veja o video abaixo!!!






Texto: Jamil Eduardo
Fotos: Jamil Eduardo
Filmagem: Jamil Eduardo
Revisão: Marco Orlando
Edição: Jamil Eduardo/Marco Orlando Leal




4 comentários:

  1. Jamil seu site sempre se supera com ótimas coberturas, estou encantado com a sua impressão do evento e agradeço !! E q venham os próximos PNT's

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós da Gasoline que agradecemos Vinão!
      É, e sempre será uma honra imensa estar com vocês em cada evento, registrando cada momento!!!
      Que venham os próximos!!!

      Excluir
  2. A gente fica muito feliz em poder ver que todo o trabalho destinado ao PNT-TT está conseguindo "passar a mensagem" de confraternização, amizade, gentileza e, principalmente, o ensejo pela "irmandade da gasolina" praticada pelos devotos de Nossa Senhora da Combustão Interna!
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é o espírito Thiago Songa!!!
      E que esta irmandade de malucos cheirando à óleo dois tempos e Gasolina seja abençoada!
      Amem!





      Excluir