GASOLINE HISTORY - CAFE RACER'S

Se você gosta de histórias incríveis se prepare, pois a origem das Cafe Racer's vai te entusiasmar!!!

Inglaterra, Rockers dos anos 70

Em 1960 a 1970 o Rock'n Roll já estava dissipado pelo mundo a fora, artistas americanos fazendo sucesso em todos os continentes e atraindo muitas culturas com seu estilo animado, despojado e diferente à época.
Jovens que curtiam esse estilo musical, além do estilo próprio de se vestir, gostavam de se reunir para ouvirem as suas músicas favoritas mas existia um "pequeno grande" detalhe ... eles não possuíam rádios onde poderiam ouvir seu Rock'n Roll....
A solução foi se reunirem em Cafés (nomes dados aos restaurantes beira de estrada) para ouvirem suas músicas, através de uma jukebox. E para irem aos cafés, usavam suas próprias motocicletas.

Esses encontros se tornaram tão frequentes, que os rockers criaram uma outra forma de se divertirem criando uma corrida própria. Uma música era iniciada no café, e o objetivo da disputa era voltar para o café antes do registro de uma música na jukebox ter terminado.
Através disso, os jovens queriam então, cada vez mais, uma moto rápida, personalizada e distinta para viajar entre cafés, e então começaram as suas próprias modificações.



As motocicletas mais comuns entre eles eram as Triumph, Norton e BSA. 
A estrutura, chassi e dirigibilidade das Nortons eram superiores, porém o melhor motor era encontrado nas Triumph, então os Rockers passaram a montar motores de Triumph em quadros de Nortons, surgindo assim as Triton, que são consideradas as puras "Cafe Racers". 
Todos se empenhavam em envenenar suas motos, aumentando seu desempenho em busca de superar o tão esperado TON, ou seja, as 100 Mph.

Do quadro de Norton e o potente motor Triumph da época (1960 e 1970) em Londres, originou essa belezura que foi considerada a rainha das Cafés Racers. 

E esta raridade da foto está no Brasil, mas vamos deixar os detalhes dela para outra matéria! Aguardem!

O termo "Cafe Racer" se consagrou  devido a paixão desses jovens pela velocidade e por suas corridas, e como se reuniam nos cafés, os caminhoneiros que também sempre estavam presentes, zombavam desses jovens, dizendo que eles não seriam verdadeiros pilotos de corridas, mas corredores de Cafe (Cafe Racers), pois era lá que se encontravam, tornando o termo a forma oficial de se referir a esses tipos de motocicletas.



Até hoje essas motos marcam presença em versões utilizando motos modernas. Algumas já saem de fábrica com detalhes das antigas Café's. O estilo sobrevive em cada projeto, e em cada detalhe está presente a receita mecânica e cultural dos projetos pioneiros da década de 60 e 70.







Fotos: Jamil Eduardo / Internet
Texto: Marco Orlando
Edição: Marco Orlando / Jamil Eduardo
Produção: Gasoline Brotherhood


Nenhum comentário:

Postar um comentário